Estudo revela que bitucas de cigarro são os grandes poluentes dos oceanos

Resíduo foi encontrado em aproximadamente 70% de aves marinhas e 30% de tartarugas. Foto: Brian Yurasits / Unsplash

Nos últimos anos foram destacados os esforços dos ambientalistas em reduzir a poluição oceânica, muito se falou no plástico e os canudos foram a bola da vez, mas talvez o verdadeiro vilão dos mares tenha passado desapercebido.

Anualmente é realizada a limpeza das praias por uma ONG Ocean Conservancy, desde 1986 e, um relatório realizado pela ONG Cigarette Butt Pollution, apresentou a bituca de cigarro como o item mais coletado dos mares e praias de todo o mundo, por 32 anos consecutivos, num montante de mais de 60 milhões de bitucas, um volume superior à soma de produtos plásticos, tampas de garrafas, recipientes, talheres e garrafas.

Os detritos das bitucas foram encontrados em 70% das aves marinhas e em 30% das tartarugas marinhas.

É comum as pessoas jogarem bitucas diretamente nas praias, mas com maior frequência esses produtos chegam aos oceanos por meio de bueiros e córregos do mundo inteiro.

Os filtros das bitucas de cigarro não são biodegradáveis, pois são fabricados com acetato de celulosa, que demora mais de 10 anos para decomposição, e contêm fibras sintéticas e centenas de produtos químicos usados para tratar o tabaco, porém que não oferecem nenhum benefício para saúde.

Para agravar o problema tem-se que dos 5,6 trilhões de cigarros feitos com esse filtro a cada ano, até dois terços são descartados incorretamente.

Por esses motivos, pretende-se nos EUA a proibição desses filtros, porém ainda é um assunto incerto e sem prazo, sem qualquer previsão de abrangência no Brasil no momento.

A proibição não é a única e nem a mais rápida solução para o problema, o descarte correto das bitucas combinada com a reciclagem, que é pouco difundida no mundo, seria uma maneira bem eficaz.

No Brasil, várias cidades têm instalado em espaços públicos coletores específicos para bitucas, e essas bitucas passam pela retirada dos elementos químicos para a transformação dos resquícios do produto em matéria-prima para indústrias siderúrgica e até para a geração de adubos e fibras naturais também surgem como opção para a destinação do material.

A Jedox tem grande orgulho de fazer parte dessa solução com uma linha de COLETORES DE CIGARRO, desenvolvidos especialmente para garantir o descarte correto das bitucas, com mecanismos que possibilitam a fácil coleta para envio à reciclagem.

O descarte correto em  um COLETOR DE CIGARROS JEDOX, traz segurança ao meio ambiente, não apenas da poluição dos oceanos tratadas nesse artigo mas também contaminação do solo e queimadas.